Os aspectos emocionais, a postura inadequada e a repetição de movimentos são fatores que fazem com que as fibras dos músculos fiquem tensas e contraídas, causando os nós musculares. Esses, por sua vez, geram dores fortes que, na maioria das vezes, atrapalham a rotina e a qualidade de vida de qualquer pessoa.

Para que você entenda melhor sobre o que são esses nós e como tratá-los, reunimos neste post as principais informações sobre o assunto. Acompanhe!

O que são nós musculares?

Os nódulos musculares, como também são chamados, são pontos dentro dos músculos que podem ser dolorosos ao toque. O termo médico para essa condição é ponto de gatilho miofascial — acontece quando as fibras musculares ficam comprimidas e tensas.

Esses pontos de gatilho são classificados pelos médicos como ativos ou latentes. Os pontos de gatilhos ativos são quando uma pessoa não consegue tocá-los por conta da dor. Já os latentes são quando é possível tocá-los e pressioná-los, mesmo sendo dolorosos.

Os locais mais comuns para a formação dos nós são nas costas, no pescoço e nos ombros. No entanto, também é possível que apareçam nos músculos da panturrilha, parte inferior das costas e nas canelas.    

O que pode causar?

Inúmeras situações levam ao desenvolvimento dos nós musculares, mas ainda não foi comprovada uma causa específica. Sabe-se que eles podem estar relacionados à posição dos membros superiores muito elevados, como quando seguramos o telefone com o ombro e a cabeça, apoiamos o cotovelo em mesas muito altas para escrever etc.

Outros fatores também podem causar ou agravar o quadro, como a falta de alongamento, que encurta os músculos e, consequentemente, favorece o aparecimento de nódulos. Além disso, quem pratica esporte e atividade de alta intensidade também é mais suscetível ao surgimento dos nódulos, já que o risco de lesões esportivas é maior.

Quais são os tratamentos?

Felizmente, os nódulos musculares têm cura e os tratamentos variam entre diversos tipos de massagem e remédios caseiros. Esse último é usado, normalmente, como a primeira tentativa de tratamento, que inclui a aplicação de uma almofada de calor no local ou até mesmo um pedaço de gelo dentro de uma toalha na área afetada.

Além disso, a prática de exercícios aeróbicos, como corrida, saltos e natação, é muito indicada para afrouxar os músculos que estão comprimidos. Fazer atividades físicas por pelo menos 30 minutos por dia e alongamentos em vários momentos também podem ajudar.

Já o tratamento profissional tem o objetivo de analisar os nódulos e reduzir a dor. Entre eles, destacamos a massagem terapêutica, terapia a laser de baixo nível e injeções no ponto de gatilho com anestesia local.

É possível preveni-los?

A melhor forma de prevenir o surgimento de nódulos musculares é por meio das atividades físicas regulares. Muitas vezes eles se desenvolvem por conta do uso excessivo dos músculos, movimentos repetitivos e postura inadequada. Logo, manter o corpo em movimento constante é sempre recomendado.

As dores e desconfortos causados pelos nós musculares podem comprometer a qualidade de vida de qualquer pessoa. Por esse motivo, procurar por um fisioterapeuta é a melhor forma de tratar e prevenir esse problema, recuperando o bem-estar de realizar simples tarefas do dia a dia.

E você, gostou de saber mais sobre os nós musculares? Alguma vez você já teve ou ainda sofre com essa condição? Deixe aqui o seu comentário e compartilhe suas experiências!