Causadas por diversos motivos, as dores musculares acometem boa parte da população. É muito difícil alguém que não tenha se queixado de dores musculares pelo menos uma vez na vida.

Como o próprio nome sugere, essas dores afetam os músculos do corpo e podem ser localizadas ou disseminadas. Também chamadas de mialgias, o incômodo desagradável pode envolver mais de um músculo ou até ligamentos e tendões.

Por vezes, são tão intensas que acabam prejudicando as atividades diárias e, até mesmo, levando ao estresse. Entre as queixas mais comuns, podemos destacar o desconforto em pernas, braços e costas.

A boa notícia é que, após terem a causa descoberta, é possível tratar o problema. A seguir, saiba como identificar as principais causas das dores musculares.

Tensão

Bastante comum no dia a dia, a dor tensional surge, geralmente, no pescoço ou na região dos ombros. Está relacionada à tensão emocional, pois em momentos de apreensão ou nervosismo essa região tende a enrijecer.

Para detectá-la, coloque os dedos no pescoço e nos ombros. Se eles estiverem quentes, inchados e com sensação de ardência, a dor muscular está relaciona à tensão.

Má postura

Sentar-se de maneira inadequada é uma causa bem usual de dores musculares. Nesse caso, é comum que a pessoa sinta fortes dores na região lombar, principalmente se ela trabalha muito tempo sentada.

Elas podem ser altamente incapacitantes e podem impedir uma pessoa de praticar qualquer atividade. Para detectá-la, observe se, ao sentar por algumas horas, as costas sofrem incômodos que impedem atividades simples como levantar da cadeira ou caminhar.

Sedentarismo

Fator de risco para as dores musculares, o sedentarismo compromete a postura e, consequentemente, a coluna. Não praticar nenhum tipo de atividade física leva a dores lombares, nas pernas e também nos braços.

Quem permanece muito tempo em pé ou sentado, deve fazer pausas para alongar o corpo. Além disso, adotar uma rotina para manter o corpo sempre em movimento também é uma ótima opção para ficar livre das dores.

Excesso de atividade física

Se o sedentarismo pode ser uma das causas das dores nos músculos, o excesso de atividades físicas intensas, por sua vez, também. Frequentadores de academia e praticantes de exercícios pesados podem exagerar na sobrecarga e, consequentemente, ficarem com dores no corpo.

Nesse caso, o ideal é proporcionar ao corpo um período para que ele se recupere. Além disso, sempre que o corpo estiver dolorido, é aconselhável não forçá-lo ainda mais.

Dores na virilha, pernas, joelhos, braços e abdômen são as mais comuns em quem exagera nas atividades físicas.

Alimentação inadequada

A alimentação que restringe o uso de carboidratos não possui a quantidade adequada de proteínas, podendo ocasionar dores musculares. Por isso, é de suma importância ingerir itens ricos em proteínas, a fim de evitar a desnutrição e a incidência de dores. Agudas ou crônicas, as dores musculares são as mais prevalentes. Surgem sempre após um esforço físico exagerado ou com a falta de atividades físicas.

Caso você tenha dores musculares e, mesmo depois de seguir as dicas deste post, não tenha conseguido identificar a causa do seu problema, o ideal é procurar por um profissional de saúde. Ele então vai poder fazer um diagnóstico mais preciso e indicar o melhor tratamento para o seu caso, visando recuperar o bem-estar do seu corpo.

E você? Já teve ou tem dores musculares? Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários!